ESTUDO COM CELULAR SOB SUSPEITA

 

Reportagem da Efe, publicada pelo suplemento de Informática da Folha Online, fala de um estudo que diz que “celular perturba sono dos jovens”. Jovens que falam muito e enviam muitas mensagens pelo celular teriam mais dificuldade para dormir e sofreriam de estresse e fadiga. O estudo foi divulgado pela Academia Americana da Medicina do Sono em Westchester (EUA).

 

Em entrevista à reportagem, Gaby Badre, autor da pesquisa e médico da Academia de Sahlgren em Gothenburg, na Suécia, declarou: “Parece existir uma relação entre o uso intenso dos celulares e uma conduta que compromete a saúde, como o cigarro, os estimulantes e o álcool. É necessário conscientizar os jovens sobre os efeitos do uso excessivo dos celulares em seus padrões de sono, sobre os riscos para a sua saúde assim como sobre os problemas cognitivos e de atenção”.

 

Nada contra estudos com celulares, muito pelo contrário. Se os celulares realmente causam problemas, é imperativo descobri-los para evitar problemas de saúde. Mas o estudo apresenta problemas. Não pude ler o estudo original, mas, se as informações da reportagem estiverem corretas, alguns pontos precisam ser considerados.

 

Em primeiro lugar, o número de participantes do estudo é extremamente baixo para produzir resultados estatisticamente significantes. Foram 21 jovens, divididos em dois grupos. Um grupo, de controle, com dez participantes, fez menos de cinco chamadas e/ou enviou cinco mensagens de texto ao dia. Outro grupo, com onze participantes, realizou mais de 15 chamadas e/ou enviou 15 mensagens de texto.

 

O segundo problema é relacionado às condições de recrutamento dos participantes. Segundo o estudo, no início os jovens tinham boa saúde e nenhum problema de sono. Ao final do estudo (a reportagem não fala da duração do estudo), os jovens que usavam muito o celular “mostraram um estilo de vida descuidado, maior consumo de bebidas estimulantes, dificuldades para dormir, além de maior suscetibilidade ao estresse e à fadiga”.

 

Muito bem. Me parece estranho que jovens perfeitamente normais tenham passado a descuidar de seu estilo de vida e consumir bebidas estimulantes, só porque utilizavam mais seu celular. Será que eles não eram assim desde o início? Será que as entrevistas de início foram feitas adequadamente?

 

Portanto, me parecem prematuras as conclusões do estudo. E se for o contrário? Pode ser que jovens com estilo de vida descuidado, estressados, que gostam de bebidas estimulantes, utilizem mais o celular, e, devido ao uso de estimulantes, tenham mais problemas em dormir adequadamente.

 

Outra coisa que a reportagem não deixa claro é se os grupos foram orientados a fazer mais ou menos ligações de celular, ou se foram colocados em cada grupo segundo seu perfil de uso do aparelho. Nem sei, com os dados da reportagem da Efe, se o estudo concluiu mesmo se o uso de celular perturba o sono de jovens, ou se apenas aponta uma relação entre os dois fatores, sem deixar claro o que é causa e o que é conseqüência.

 

Segundo as palavras do pesquisador Gaby Badre, “parece existir uma relação entre o uso intenso dos celulares e uma conduta que compromete a saúde”. ‘Parece’ não é tão incisivo quanto a afirmação do título da reportagem: “Estudo diz que celular perturba sono dos jovens”.

 

Tais considerações merecem atenção, tanto na produção de estudos clínicos, quanto na produção de reportagens de divulgação científica. O objetivo é fazer ciência de qualidade, e divulgar seus resultados adequadamente.

Anúncios

One Response to ESTUDO COM CELULAR SOB SUSPEITA

  1. Lauro disse:

    Lau
    Parece que o celular interfere no marca-passo.
    O médico recomenda eu que somente use o celular no ouvido esquerdo, já que o marca-passo esá colocado direito do peito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: