ASPIRINA PODE PREVENIR DOENÇA DE ALZHEIMER

 

Reportagem da BBC Brasil fala de um estudo que relaciona o consumo de aspirina à redução nos riscos de desenvolver doença de Alzheimer. Leia um resumo do estudo, em inglês, aqui. A reportagem foi reproduzida pelo UOL, pelo portal Terra e pelo O Globo Online.

 

O estudo fez uma revisão de outros seis estudos anteriores, e concluiu que pessoas que usam aspirina, entre outros analgésicos populares, têm 23% menos chances de desenvolver a doença. O mecanismo de ação parece ser o efeito antiinflamatório da aspirina, que reduz o aparecimento de placas no cérebro.

 

No entanto, mais estudos são necessários. “Ainda precisamos entender se é o tamanho da dose, ou o uso prolongado do remédio ou as características do paciente que influencia nos benefícios da aspirina”, declarou Peter Zandi, coordenador do trabalho, em entrevista à reportagem da BBC.

 

 

Conheça a doença de Alzheimer

 

Segundo o site Alzheimermed, a doença de Alzheimer “é uma doença degenerativa, progressiva que compromete o cérebro causando: diminuição da memória, dificuldade no raciocínio e pensamento e alterações  comportamentais. A doença de Alzheimer pode manifestar-se já a partir dos 40 anos de idade, sendo que a partir dos 60 sua incidência se intensifica de forma exponencial. Os sintomas mais comuns são: perda gradual da memória, declínio no desempenho para tarefas cotidianas, diminuição do senso crítico, desorientação têmporo-espacial, mudança na personalidade, dificuldade no aprendizado e dificuldades na área da comunicação. Na fase final o paciente torna-se totalmente dependente de cuidados”.

 

 

Cautela

 

Outros estudos já haviam concluído que o uso de aspirina pode reduzir o risco de ataque cardíaco e prevenir o câncer. Mas é bom ter cautela. Em reportagem da BBC Brasil publicada em 2001, pesquisadores advertem que tomar aspirina para evitar problemas cardíacos pode ser prejudicial para pessoas com pouco risco de desenvolver problemas no coração.

 

A pesquisa do hospital Royal Hallamshire, em Sheffield, na Inglaterra, baseada na análise de 48 mil pacientes, concluiu que a aspirina reduz o risco de enfarte em cerca de 30%, mas também aumenta em 70% as complicações decorrentes de hemorragias.

 

Uma dose diária de 75 mg ao dia de aspirina seria bem-vinda em pacientes com risco de ataque cardíaco moderadamente alto (15% em dez anos), com exceção de pacientes com úlcera e pressão alta sem tratamento, bem como em pacientes com risco moderado de ataque cardíaco (de 5% a 15% em dez anos).

 

Mas o uso preventivo não é recomendado para pessoas com risco de desenvolver problemas no coração inferior a 5%. O ideal é procurar um médico para avaliação dos riscos, que incluem fatores, como fumo, nível de colesterol e histórico familiar.

 

 

Estudos anteriores

 

Leia reportagens sobre estudos anteriores feitos com a aspirina, nos links abaixo:

Aspirina reduz risco de doenças cardíacas em mulheres, diz estudo

Aspirina pode prevenir câncer intestinal, diz estudo

Aspirina pode frear crescimento de tumor, diz estudo

Aspirina reduz risco de câncer de pele, dizem cientistas

Aspirina pode reduzir pela metade risco de morte por infarto

 

 

Origem da aspirina

 

Segundo a Wikipedia, a aspirina foi “o primeiro fármaco a ser sintetizado na história da farmácia e não recolhido na sua forma final da natureza. Foi a primeira criação da indústria farmacêutica.”

Em 1987, a Bayer conjugou quimicamente o ácido salicílico com acetato, criando o ácido acetilsalicílico (aspirina). O ácido salicílico foi isolado na sua forma cristalina da casca do salgueiro (Salix alba L.) por Henri Leroux, farmacêutico francês, e Raffaele Piria, químico italiano.

 

 

 

5 respostas para ASPIRINA PODE PREVENIR DOENÇA DE ALZHEIMER

  1. Lulu disse:

    Oi Lau

    que saudade…

    sabe que meu avô tá com isso aí
    eita doença difícil
    é de deixar qualquer um louco…

    sobre a aspirina pensei uma coisa
    muita gente tem aneurisma e nem sabe
    acaba morrendo de outra coisa antes
    de ter problema com ele

    mas tomar aspirina é contra indicado para estes casos,
    aí que tomar aspirina pode agravar o quadro do aneurisma
    e aí sim dar problema…

    né não?!

    vamos nos ver?

    beijos

    Lulu

  2. Lauro Toledo disse:

    Muito triste a doença do seu avô, Lulu. Espero que ele esteja na melhor situação possível, diante da gravidade de seu quadro. O apoio familiar é muito importante.

    Muito válida a sua observação sobre a aspirina. Mas, como eu escrevi na página de Aviso deste blog, não dá pra falar tudo sobre os assuntos, e somente um médico está capacitado a prescrever o uso de remédios. Neste caso, o médico, sabendo da existência do aneurisma, iria contra-indicar o uso pelo seu paciente.

    Os medicamentos possuem contra-indicações, advertências, efeitos adversos e interações com outras substâncias, mas não é função deste blog fornecer informações técnicas completas sobre medicamentos ou doenças.

    Este blog pretende comentar estudos científicos e reportagens que possam estar relacionados à vida saudável e à possibilidade de prevenir ou atenuar doenças. A aplicação prática dessas descobertas deve sempre ser discutida com um médico.

    Obrigado pela leitura e os comentários. Foi importante a sua colocação. Saudades!

    Beijos,
    Lau

  3. Lauro disse:

    Oi Lau
    Boa pesquisa e bons esclarecimentos.
    Eu tomo 200mg de Acido Acetil Salicílico por dia.
    O médico receitou esta dosagem para evitar a formação de coágulos.
    Ele disse que tenho fibrilação e isso pode formar coágulos.
    Abraços

  4. maria helena disse:

    Parabéns pelo seu blog. Vai ser muito útil para informar o publico leigo sobre assuntos de saúde. Continue assim.

  5. Lauro Toledo disse:

    Muito obrigado!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: