EXERCÍCIO PODE PREVENIR CÂNCER DE MAMA

 

Nova pesquisa sobre câncer de mama recebeu divulgação na mídia. Estudo diz que exercício físico de adolescentes reduz riscos de câncer de mama. O estudo foi tema de reportagem publicada no suplemento Equilíbrio do UOL. 

 

Um resumo do estudo, em inglês, está disponível no site da revista especializada “Journal of the National Cancer Institute“, onde foi publicado.

 

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer, o câncer de mama é o que mais causa mortes entre as mulheres. O número de novos casos esperados para o Brasil em 2008 é de 49.400.

 

Os autores do estudo dizem que garotas que começam a fazer exercícios físicos intensos a partir dos 12 anos de idade podem se proteger do câncer de mama quando elas crescerem.

 

Segundo o estudo, mulheres fisicamente mais ativas enquanto adolescentes e jovens eram 23% menos suscetíveis ao desenvolvimento de câncer de mama antes da menopausa do que aquelas que têm comportamento sedentário.

 

Entre os exercícios físicos considerados intensos pelo estudo estão 3 horas e 15 minutos de corrida ou 13 horas de caminhada, por semana. O exercício físico reduz os níveis de estrogênio, hormônio relacionado ao desenvolvimento de câncer.

 

Elogiável mas discreto, um alerta quase passa despercebido no final da reportagem: “Estudos com atletas adolescentes mostram que o exercício físico intenso pode atrasar o início da menstruação e causar ciclos irregulares.” Talvez seja o caso de adolescentes fazerem exercícios moderados.

 

 

Estudos anteriores

 

A relação entre exercícios e câncer de mama já havia sido apontada em estudos anteriores.

 

Estudo de dezembro de 2007 diz que a atividade física vigorosa – como a corrida – pode reduzir o risco de câncer de mama em algumas mulheres (leia reportagem sobre o estudo aqui).

 

Em dezembro de 2006, um estudo concluiu que mulheres que se exercitam ao fazer trabalhos domésticos podem reduzir os riscos de desenvolverem câncer na mama (leia reportagem da BBC Brasil sobre o assunto aqui).

 

Em 2004, estudo concluiu que três horas de exercícios moderados por semana reduzem significativamente o estrogênio circulante em mulheres na pós-menopausa (leia reportagem sobre o estudo aqui).

 

Estudo de 2003 diz que mulheres de todas as idades podem reduzir o risco de câncer de mama com exercícios regulares (leia reportagem da BBC Brasil sobre o estudo aqui).

 

Estudo de 1999 diz que exercícios regulares ao longo da vida reduzem o risco de câncer de mama em mulheres no período pós-menopausa, especialmente se mantiverem peso relativamente estável durante a vida adulta.

 

Já em 1994, estudo concluiu que mulheres com 40 anos, ou mais jovens, que passavam, no mínimo, quatro horas se exercitando a cada semana, durante os anos férteis, apresentavam redução de mais de 50% no risco de desenvolver câncer de mama (leia reportagem sobre esses estudos aqui).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: